Benefícios corporativos: conheça os principais para incluir na sua empresa e reter talentos

Houve um tempo em que a oferta de um bom salário e a garantia de maior estabilidade eram elementos cruciais e determinantes para a permanência de um colaborador na empresa. No entanto, no atual contexto competitivo enfrentado pelas organizações, em que os profissionais mais qualificados podem escolher entre as melhores oportunidades disponíveis no mercado, é preciso oferecer algo a mais — aí entram os benefícios corporativos.

Plano de saúde, assistência odontológica, vale-refeição/alimentação etc. são muito comuns; enquanto vale-transporte, férias, 13º salário e adicional noturno, por exemplo, são obrigatórios e concedidos por todas as companhias. Contudo, a ideia aqui é falar daqueles que, de fato, representam diferenciais, agregando valor e contribuindo para a atração e para a retenção dos melhores talentos.

Então, neste post, confira os benefícios corporativos que fazem uma empresa se destacar dentre as demais e que a transformam na opção de trabalho mais atrativa para os candidatos. Boa leitura!

Quais os principais benefícios corporativos e como apresentá-los ao candidato em um processo de recrutamento e seleção?

Segundo dados coletados por uma pesquisa realizada pela Love Mondays, com base nas respostas de inúmeros profissionais dos mais diversos segmentos e das mais variadas organizações, os benefícios corporativos representam o ponto mais valorizado pelos colaboradores. Esse fato já revela a importância de estudar a concessão de cada um dos que serão elencados abaixo a fim de tornar essa uma vantagem competitiva para a corporação. 

Vale-cultura

O vale-cultura é um exemplo de benefício que não demanda grandes movimentações de recursos por parte da companhia, mas que é recebido de forma muito positiva pelos funcionários. Por meio de descontos, ele tem o propósito de facilitar, por exemplo, o acesso a serviços (e produtos) culturais, como museus, shows, cinemas, livros etc. 

Além disso, sua concessão ajuda a construir uma imagem institucional mais positiva. Isso porque, em um processo seletivo, torna-se possível destacar para os candidatos o quanto a corporação acredita na arte e na cultura e em sua capacidade de transformação. 

Vale-combustível

Entre os benefícios corporativos, o vale-combustível é uma alternativa bastante interessante para os colaboradores que fazem uso de um veículo próprio no deslocamento de casa para o trabalho. Para concedê-lo, é possível disponibilizar um cartão pré-pago que será utilizado pelo empregado no momento de abastecer o seu carro particular.

Embora o vale-transporte seja assegurado pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, ele não atende aquela parcela de trabalhadores que não utilizam o transporte público para a locomoção. Desse modo, oferecer a possibilidade de escolha entre ambos faz com que os funcionários e os candidatos que participam de um processo de recrutamento percebam que a companhia valoriza a autonomia e a liberdade de escolha por parte do profissional.

Participação nos lucros

Também conhecido como Plano de Participação nos Lucros (ou PPL), esse é mais um dos benefícios corporativos que contribuem para a atração e para a retenção dos melhores trabalhadores. Isso porque, por meio dele, o colaborador se sente, de fato, parte dos negócios. Isso contribui, inclusive, para a elevação do seu engajamento — e, consequentemente, para uma maior geração de lucros.

Sua concessão pode ser vista como uma ação de marketing institucional, colaborando para a construção de uma marca empregadora muito positiva perante os talentos, incluindo aqueles que ainda não compõem o seu quadro de pessoal. Essa relevância está no fato de que o profissional enxerga o benefício como uma garantia de renda extra periódica.

No dress-code

Se você gostaria de estimular a criatividade e a busca pela inovação nos seus funcionários, um benefício estratégico e sem qualquer custo no qual você pode apostar é o “no dress-code”. Basicamente, o conceito significa que não existe um código de vestimenta a ser adotado na empresa.

Apesar de parecer algo simples, a imagem de um ambiente de trabalho mais descontraído tem um grande peso no que diz respeito à percepção da corporação pelos candidatos e funcionários. Em um processo de recrutamento e seleção, por exemplo, é possível destacar essa maior liberdade concedida aos trabalhadores, atraindo talentos mais jovens e que buscam fazer parte de um empreendimento com menos regras e mais espontaneidade no dia a dia.

Auxílio-creche

Antes de implementar esse benefício corporativo, é necessário estudar o seu público interno. Isso porque o auxílio-creche naturalmente só representará um diferencial se o seu quadro de colaboradores for composto de profissionais mais maduros e com filhos.

Se esse for o grupo mais predominante na sua corporação, a concessão será uma grande vantagem competitiva aos olhos dos trabalhadores atuais e daqueles interessados em fazer parte da empresa. Isso se dá porque o auxílio-creche é visto pelos pais como uma possibilidade de trabalhar despreocupados, com a tranquilidade de saber que os filhos estão em um ambiente seguro e com as suas necessidades atendidas.

Auxílio-academia

O auxílio-academia tem a finalidade de incentivar a prática regular de atividades físicas por parte dos colaboradores. Geralmente, a concessão se dá quando a empresa firma uma parceria, por exemplo, com uma rede de academias, facilitando o acesso do seu quadro de pessoal aos equipamentos disponíveis e às aulas oferecidas. 

Vale ressaltar que o benefício pode dar direito a um desconto sobre o valor da mensalidade ou custear integralmente todos os valores referentes à matrícula e à sua manutenção.

O auxílio-academia é mais uma vantagem concedida ao funcionário que também reverte em benefícios para a própria empresa, impactando a sua reputação. Isso porque tanto os empregados atuais quanto os candidatos que participam de processos de recrutamento e seleção percebem uma prática de valorização à saúde e ao bem-estar do profissional pela empresa, o que representa um diferencial no momento de escolher entre duas ou mais ofertas de emprego.

Como você pôde ver, os benefícios corporativos, em regra, são privilégios oferecidos aos colaboradores, mas que, na verdade, revertem em vantagens para a própria organização, já que impactam positivamente a imagem institucional e garantem uma atração e uma retenção de talentos mais bem-sucedidas. Por essa razão, vale a pena estudar o seu público interno e identificar aqueles que fazem mais sentido e estão mais alinhados aos interesses dos funcionários.

Entendeu a relação entre a concessão de benefícios e a construção de uma marca empregadora positiva no mercado? Quer descobrir quais outros pontos impactam a experiência de um candidato em um processo seletivo e como garanti-la? Leia o nosso conteúdo acerca do assunto!

Nova call to action
Nova call to action
Nova call to action

Veja os melhores momentos da live sobre cultura e diversidade no R&S. Preencha o formulário abaixo e assista agora!

Veja os melhores momentos da live sobre cultura e diversidade no R&S. Preencha o formulário abaixo e assista agora!

Quer transformar a apresentação dos seus números de RH? Preencha o formulário abaixo para receber agora este template customizável…

Quer transformar a apresentação dos seus números de RH? Preencha o formulário abaixo para receber agora este template customizável…

Quer participar com a gente? Preencha o formulário abaixo para mergulhar nessa transmissão gratuita cheia de aprendizados sobre diversidade e cultura…