Os benefícios do onboarding podem ser percebidos por todas as organizações que investem nessa prática. Isso porque o onboarding nas empresas tem se mostrado uma estratégia eficiente para socializar, engajar e motivar os colaboradores em prol dos desafios da organização logo nos primeiros momentos deles nas corporações.

Além disso, essa prática ajuda o setor de Recursos Humanos no desafio de reter os melhores profissionais do mercado, fator indispensável para manter e aumentar a produtividade.

Mas antes de reter os melhores profissionais, precisamos garantir que eles estão chegando até a nossa empresa. Para melhorar a sua atração, baixe o nosso guia completo sobre atração de talentos.

Neste post, você vai descobrir quais são os benefícios do onboarding para a empresa. Acompanhe!

O que é onboarding?

Trata-se do processo de acolhimento e integração dos novos profissionais que ingressam nas companhias. O intuito é orientá-los sobre os objetivos do negócio, além de apresentar uma visão ampla do mercado, a cultura organizacional e outras informações pertinentes à empresa e à função a ser desempenhada.

O onboarding envolve as etapas de orientação, supervisão, treinamento e acompanhamento. Esse processo tem início quando a vaga é divulgada, pois, nesse momento, devem ser transmitidos o descritivo do cargo e um breve histórico da empresa.

Logo nas primeiras etapas do processo seletivo, outras informações podem ser acrescentadas, com o objetivo de elucidar o candidato acerca dos propósitos da vaga e as diretrizes da empresa.

À medida que o candidato vai avançando nas etapas de entrevista, mais informações podem ser concedidas. O trabalho mais denso acontece no momento da contratação e nos primeiros dias de atividade, quando um cronograma deve ser montado para que o novo colaborador tenha as informações de que necessita. Com isso, ele pode iniciar seu trabalho com a máxima eficiência, reduzindo assim o tempo de adaptação.

É importante que a integração seja feita logo nos primeiros momentos do colaborador na instituição, pois é nessa fase que ele está mais motivado e engajado a oferecer suas melhores entregas.

Mas o processo de onboarding não finda no primeiro ou segundo dia de trabalho do profissional na empresa. A integração deve continuar até o colaborador se sentir apto para exercer suas atividades sozinho. Por isso, as etapas de acompanhamento e supervisão são tão essenciais.

Por que é importante investir nessa prática?

Uma pesquisa da Aberdeen Group apontou que 54% das organizações com um processo formal de integração têm mais produtividade com as novas contratações e conseguem 50% a mais de retenção dos novos colaboradores se comparadas àquelas organizações que não investem nessa iniciativa.

Nesse cenário, o onboarding oferece às corporações a oportunidade de elevar seus resultados já no começo da atuação do novo colaborador, motivando-o. Para tanto, as iniciativas de integração conduzidas pelo RH das empresas são fundamentais para colaborar com a adaptação do novo profissional ao ambiente laboral.

Considerando que esse processo atua na criação de uma conexão do novo colaborador com a cultura empresarial e com a equipe, a organização capacita esse novo funcionário para que ele esteja apto a desempenhar suas funções com mais facilidade.

Além disso, a integração reduz o tempo de adaptação do novato às pessoas da equipe e aos processos da organização.

Quais são os benefícios do onboarding?

Como vimos até aqui, o processo de onboarding traz diversas vantagens para as empresas. Porém, podemos destacar algumas como mais evidentes e que trazem para as empresas importantes diferenciais competitivos. Veja a seguir!

Retenção de talentos

A retenção de talentos tem sido um dos principais desafios do setor de gestão de Recursos Humanos nas empresas, pois os profissionais e os conhecimentos que eles carregam acerca da companhia representam um grande investimento.

Por outro lado, reter funcionários não é uma tarefa fácil. No entanto, esse cenário pode ser revertido com um processo de integração eficiente. Com ele é possível construir uma base sólida para gerar um clima organizacional positivo, no qual os talentos se sintam acolhidos.

Como consequência, temos a geração de valor e de outras características intangíveis para o colaborador. Por exemplo, as ações de onboarding fomentam o senso de pertencimento do profissional na organização, e essa é uma ótima forma de atrair e reter os melhores talentos.

Fortalecimento da cultura organizacional

À medida que os colaboradores ingressam motivados e formam um senso de pertencimento com a companhia, acontece um fortalecimento da cultura organizacional de forma natural. Além disso, quando os profissionais são expostos, logo no início de suas atividades, aos objetivos organizacionais, eles se comprometem muito mais com os desafios da organização, gerando mais resultados.

Para reforçar a cultura organizacional no onboarding, é importante separar um momento para que os novos colaboradores tenham contato direto com os líderes. Dessa forma, os novatos podem receber instruções diretamente da liderança a qual estão subordinados. Isso evita equívocos, os quais podem comprometer o relacionamento e as entregas em um segundo momento.

Criação de uma marca empregadora

Quando os colaboradores são bem recebidos na empresa, isso aumenta as chances de eles se adaptarem ao novo ambiente de trabalho. A experiência diferenciada e o acolhimento ajudam a construir uma boa imagem da empresa.

Com a manutenção dessas iniciativas ao longo da permanência do colaborador na corporação, forma-se uma marca empregadora capaz de atrair os melhores talentos do mercado. Isso é importante para gerar valor e também para a marca da empresa, que passa a ser reconhecida como um bom lugar para se trabalhar, pois valoriza as pessoas.

Crescimento do negócio

Já mencionamos que os colaboradores que passam pelo processo de integração são mais produtivos e têm mais chances de permanecer na empresa, o que contribui para reduzir o turnover. Com isso, a empresa ganha importantes diferenciais competitivos — fator fundamental para o crescimento do negócio — como a motivação e o engajamento nos objetivos e metas propostos pela companhia.

Assim, os benefícios do onboarding nas empresas servem para reforçar que o capital humano continua sendo um dos ativos mais relevantes dentro da organização. Por isso mesmo é imprescindível somar esforços para que esses processos sejam bem estruturados.

Dessa forma, torna-se possível garantir uma boa experiência do colaborador desde os primeiros momentos dele na empresa, elevando os índices de produtividade e de satisfação no trabalho, além dos outros benefícios do onboarding já citados.

Gostou deste artigo? Aproveite que está aqui e saiba também como criar um processo de onboarding com eficiência nas empresas.

No votes yet.
Please wait...