Saber como implementar o endomarketing é uma ferramenta poderosa para criar o engajamento dos colaboradores com a organização, aumentando a motivação e despertando a sensação de pertencimento nos funcionários.

Nesse sentido, a intenção deste post é apresentar algumas dicas sobre como implementar o endomarketing para que a empresa consiga os melhores resultados provenientes dessa prática. E para melhorar ainda mais os seus resultados, baixe também o nosso manual completo para retenção de talentos. Boa leitura!

1. Eleja um time para o trabalho

Geralmente, o planejamento e a execução do endomarketing são realizados pelo RH, mas você pode separar um pequeno grupo para se dedicar à implementação na primeira fase. Como a quantidade de trabalho é maior durante o planejamento e a implementação, vale a pena formar um time para dedicar atenção total a essa etapa inicial.

2. Busque por parcerias que tragam benefícios aos colaboradores

Na hora de montar o plano de endomarketing, é interessante pensar além dos benefícios comumente oferecidos, como vale-alimentação e assistência médica, e buscar parcerias para que os funcionários possam usufruir de outros direitos e, assim, ter mais qualidade de vida.

Cupons de desconto em academias, livrarias, salões de beleza, entre outros, podem fazer toda a diferença no ritmo de vida dos profissionais e aumentar o engajamento. Além disso, alguns benefícios não precisam ser necessariamente financeiros. Horário flexível e trabalho home office fazem muita diferença na relação dos colaboradores com a empresa.

3. Invista em iniciativas de integração

As ações de integração são essenciais para a implementação do endomarketing na empresa. Elas ajudam a aproximar os funcionários e a construir equipes mais sólidas e colaborativas, que consigam trabalhar em conjunto de maneira produtiva.

Entre as principais práticas voltadas para a integração está a realização de comemorações: aniversários, happy hour, celebração de datas como Dia das Mães, Páscoa etc.

Outras iniciativas interessantes estão relacionadas à organização de grupos para a prática de esportes, para ajuda a entidades carentes ou ainda para qualquer outra atividade que permita o contato fora do ambiente de trabalho.

4. Trabalhe a comunicação interna

Uma comunicação interna robusta é o pilar da implementação do endomarketing. Para isso, você pode escolher alguns canais que viabilizem esse diálogo com o colaborador. A fim de ajudar a estruturar uma boa comunicação interna na sua corporação, elencamos os mais utilizados, com suas vantagens e desvantagens.

Murais

O mural é um canal usado normalmente para colocar lembretes, comunicados e informações importantes ao alcance do funcionário. Não requer um grande investimento e é um meio de comunicação bem comum, encontrado facilmente nas organizações.

Vantagens:

  • Baixo custo de implantação;
  • Não precisa de acesso à internet;
  • Com uma boa localização dos quadros, a informação é acessada com facilidade.

Desvantagens:

  • Não é um canal atrativo;
  • É facilmente ignorado pelos colaboradores;
  • É pouco sustentável por precisar de papel e impressões para ser utilizado.

Newsletter

A newsletter estabelece uma comunicação direta com os colaboradores, atualizando-os sobre os acontecimentos da empresa. Apresenta um conteúdo mais curto e direto e pode contar com recursos digitais para chamar mais a atenção.

Vantagens:

  • A produção é mais simples, bastando atualizar as informações;
  • Permite a mensuração do acesso, com o monitoramento das taxas de abertura e de cliques das mensagens;
  • Por ser veiculado em meio digital, é mais sustentável.

Desvantagens:

  • Depende diretamente do interesse do profissional para abrir o e-mail e acessar o conteúdo;
  • O grande volume de e-mails recebidos pode fazer com que a mensagem passe despercebida.

Aplicativos

Os aplicativos são um excelente recurso para comunicação interna, acompanhando os novos hábitos trazidos pela tecnologia. A facilidade de acesso ao celular faz com que esse canal tenha uma adesão maior dos colaboradores.

Vantagens:

  • Alcança todos os funcionários, até mesmo os que trabalham remotamente;
  • Os colaboradores recebem as atualizações pela notificação do celular;
  • Permite a utilização de diversos formatos em uma linguagem ágil e dinâmica.

Desvantagens:

  • Pode ter alto custo de implantação;
  • É preciso incentivar os funcionários a baixarem e usarem o aplicativo;
  • Requer atenção quanto às questões legais, evitando o envio de mensagens fora do expediente ou outras práticas que firam a legislação trabalhista.

Intranet

A intranet é um canal exclusivo para comunicação da empresa, mantendo o acesso restrito aos funcionários. Também serve como acervo de arquivos e documentos específicos para consulta.

Vantagens:

  • Possibilita a mensuração dos conteúdos;
  • Favorece a integração entre matriz e filiais;
  • Auxilia na atualização de informações.

Desvantagens:

  • Tem um alto custo de implementação e manutenção;
  • A adesão dos colaboradores à ferramenta pode ser um desafio;
  • Exige um alto planejamento, tanto de design como de conteúdo, para que atraia os funcionários.

Rede Social Corporativa

Esse formato segue o modelo das redes sociais mais conhecidas — por exemplo, Facebook. No entanto, é feito para acesso restrito aos funcionários e compartilhamento de conteúdos relacionados à empresa, acontecimentos internos e novidades no seu ramo de atuação que impactem nos processos internos.

Essa ferramenta visa à colaboração de todos, facilitando a comunicação.

Vantagens:

  • Aumenta a interatividade em tempo real;
  • Tem um formato mais atrativo;
  • Pode ser acessada de qualquer local por meio de um smartphone ou computador conectado à internet;
  • Permite a mensuração do engajamento e da participação dos funcionários.

Desvantagens:

  • Alto custo de implementação e manutenção;
  • Requer um grande esforço no incentivo aos colaboradores para adotarem a ferramenta;

TV Corporativa

A TV Corporativa é uma ferramenta poderosa para a prática do endomarketing. Atua como um mural mais dinâmico, que pode ser usado não só para comunicação interna, mas também para a promoção da cultura organizacional e o exercício da gestão à vista.

Vantagens:

  • Permite a comunicação por meio de recursos mais atrativos como vídeo, música etc.;
  • Não precisa de uma conexão com a internet;
  • É um excelente veículo para divulgação de conteúdos estratégicos;
  • Apresenta resultados na disseminação de conceitos que devem ser internalizados, como valores da cultura organizacional.

Desvantagens:

  • Alto custo de implantação;
  • Exige atualização de conteúdos constantemente;
  • Difícil mensuração de acesso;
  • É um canal que dá voz apenas à empresa.

Com essas dicas, torna-se possível entender como implementar o endomarketing e garantir um melhor marketing interno, aumentando a participação ativa dos funcionários e fazendo com que eles “vistam a camisa” da empresa.

Se você tem interesse em melhorar o relacionamento com os colaboradores, aproveite que está por aqui e confira também este outro conteúdo sobre como executar um bom processo de integração de novos colaboradores.

No votes yet.
Please wait...