4 dicas de como recrutar no mercado financeiro

Nova call to action

O desempenho de uma empresa está diretamente relacionado à performance de seus funcionários. Em um mercado cada vez mais competitivo, em que as empresas tendem a buscar bons resultados, é fundamental contar com colaboradores que sejam envolvidos em seus respectivos cargos. Porém, encontrar esses colaboradores não é tarefa fácil, apesar de essencial.

Para superar esse desafio, é importante que a área de recursos humanos das empresas desenvolva um processo de recrutamento e seleção eficaz, que consiga analisar os dois lados, tanto da empresa quanto dos candidatos. Ao entender as necessidades da empresa e analisar as expectativas dos candidatos de seus processos seletivos, é possível selecionar aqueles que melhor se enquadram na cultura organizacional da empresa e no perfil da vaga e que consequentemente trarão melhores resultados.

Para te ajudar com isso, faça o download gratuito do Kit de Entrevistas de Candidatos.

Separamos as quatro melhores dicas para a sua empresa conseguir captar os melhores talentos:

  1. Seja claro em relação a proposta de valor da empresa:
    Deixar a cultura organizacional da empresa clara é importante para atrair, desde o primeiro momento, candidatos que se identifiquem com a proposta da empresa. Ter uma proposta de valor diferenciada pode representar não apenas maior engajamento dos candidatos em seu processo seletivo como também redução de seu custo de RH, como apresentamos em nosso post sobre employer branding.
  2. Deixe claro os requisitos da vaga:
    Especifique os pré-requisitos para o cargo, como ano de formação, curso, idioma, disponibilidade de horário, disponibilidade para viagens, experiências anteriores entre outros. Dê atenção ao tamanho da lista, coloque apenas o que é realmente essencial para que o candidato performe no trabalho. Uma boa lista de pré-requisitos, que facilita a auto-avaliação dos candidatos, facilitará a triagem dos currículos, já que candidatos poderão mais facilmente avaliar sua aderência à vaga, elevando a qualidade dos currículos a serem analisados pelos recrutadores.
    Por exemplo, criar uma lista de conhecimentos específicos necessários para cada tipo de posição como na tabela abaixo:

 

EstágioConhecimentos de finanças corporativas
AnalistaElaboração de infomemos, análises setoriais e valuations
Associates / PartnersHabilidades de negociação, gestão de equipe e prospecção comercial

 

  • Escolha provas técnicas de avaliação de acordo com a vaga:
    Cada vaga possui uma função e exige diferentes habilidades dos candidatos. Portanto, escolha um tipo processo de recrutamento que exija que o candidato mostre as habilidades que irá colocar em prática no trabalho. Pesquisas científicas mostram que métodos mais objetivos como testes cognitivos, entrevistas estruturadas são mais assertivos do que métodos que tenham carga mais subjetiva como entrevistas não estruturadas. Leia em nosso blog mais sobre qual a melhor técnica de seleção de candidatos.
  • Não recrute apenas por experiência:
    Escolher apenas currículos que já tem experiência no mercado pode ser uma estratégia custosa que desconsidera candidatos com grandes potenciais de desenvolvimento. Muitas vezes é melhor contratar pessoas com pouca experiência, mas com as competências necessárias para desenvolver rapidamente o conjunto de habilidades necessário.

    De acordo com pesquisa realizada pela Robert Half, buscar um profissional qualificado pode ser altamente custoso, já que eles somente tendem a aceitar a proposta se houver um aumento salarial de 60% a 70%.

Nova call to action
Nova call to action
Nova call to action

Quer transformar seu R&S e admissão? Preencha o formulário abaixo e mergulhe nesse conteúdo gratuito e cheio de aprendizados sobre R&S e Admissão Digital.