O que é Pesquisa de Clima Organizacional e um guia pass-a-passo de como fazer (com vídeo)

Nova call to action

A pesquisa de clima organizacional permite a identificação do grau de satisfação e motivação dos funcionários, com o objetivo de coletar diversos tipos de informações relevantes sobre a perspectiva dos colaboradores em relação a muitos fatores da empresa para o desenvolvimento de um ambiente agradável.

Neste post você vai encontrar:

  • O que é a pesquisa de clima organizacional?
  • Qual é o seu objetivo?
  • Os principais benefícios da pesquisa de clima organizacional?
  • Quais são os ganhos com a pesquisa de clima organizacional?
  • Como realizar sua pesquisa
  • Quais as perguntas devem ser feitas?

Quer aproveitar o nosso conteúdo de um jeito novo? Aperte o play e ouça o nosso artigo sobre pesquisa de clima organizacional!

Um bom ambiente laboral é essencial para garantir o engajamento dos funcionários e altos índices de produtividade. Para assegurar essas condições, é importante que a empresa inclua a pesquisa de clima organizacional na sua rotina de RH.

Por meio dessa avaliação, é possível aferir o nível de contentamento dos empregados e a qualidade dos relacionamentos corporativos, obtendo um retrato claro da atmosfera no local de trabalho e permitindo que a empresa estruture ações para melhorar esse aspecto.

Se você preferir, baixe nossa Introdução ao Clima Organizacional. Um e-book gratuito para você se aprofundar e ficar expert no assunto! Clique aqui para baixar o e-book.

O que é a pesquisa de clima organizacional?

A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta criada para identificar e mapear como anda o clima organizacional da companhia, a partir das percepções dos colaboradores.

O método mais comum para fazer a pesquisa é um questionário, mas a escolha depende muito da dinâmica da organização. Com ele, é possível elaborar um diagnóstico sobre como os funcionários se sentem, não só na relação empresa x colaborador, mas também como está o clima entre os próprios colaboradores.

Qual é o objetivo da pesquisa de clima organizacional?

A ideia principal de elaborar uma pesquisa de clima organizacional é detectar como os colaboradores se sentem dentro da empresa e, com a análise de dados e o diagnóstico pronto, verificar quais ações devem ser realizadas para melhorar o local de trabalho para os funcionários.

Consequentemente, há também a melhora dos resultados da empresa por meio do uso da educação corporativa e aumento da satisfação dos funcionários.

Quais são os principais benefícios da pesquisa de clima organizacional?

A pesquisa de clima organizacional não é indicada à toa, já que ela traz uma série de benefícios para a empresa que decide adotá-la.

Se você ainda tem dúvidas sobre a utilidade da aplicação da pesquisa de clima organizacional, entenda as vantagens que essa prática traz para ajudar na decisão. Continue a leitura!

Permite a prevenção de crises internas

Um ambiente com vários indivíduos sempre está sujeito a problemas de relacionamento. Em uma empresa, não é diferente: questões envolvendo o trabalho ou, até mesmo, pessoais podem surgir e tornar a convivência difícil entre os membros da equipe.

Caso não seja bem aplicada, a liderança também pode criar um ambiente complicado, no qual as pessoas trabalham com medo e são pressionadas em excesso.

Uma pesquisa de clima organizacional bem-feita pode antever possíveis problemas. Por meio das respostas, o RH é capaz de avaliar quais entraves têm possibilidade de surgir no time e de tomar ações preventivas para melhorar o ambiente.

Pode mensurar a qualidade do ambiente de trabalho

Por meio de um indicador chamado E-NPS (Net Promoter Score para público interno), a pesquisa de clima organizacional permite a mensuração do contentamento dos funcionários.

Com isso, é possível ter uma avaliação com dados precisos, os quais podem ser tabelados e usados para comparações futuras, permitindo o acompanhamento e a verificação dos resultados gerados por ações específicas.

Ajuda na retenção de talentos

Um dos principais benefícios trazidos pela pesquisa de clima organizacional é a retenção dos melhores talentos na sua empresa. Mesmo que ofereça um salário atraente, um local com um ambiente difícil afasta os profissionais. Organizações com muitos conflitos ou estresse afetam a saúde e a qualidade do trabalho, obrigando as pessoas a procurarem uma nova corporação.

É fato que bons profissionais não querem apenas um bom salário, mas também um bom clima organizacional e investir na manutenção de um bom clima pode gerar excelentes resultados.

Fornece feedbacks mais precisos

Muitas empresas trabalham com um sistema de gestão de pessoas bem ultrapassado, que leva em consideração apenas os índices de mercado, ignorando a saúde e a satisfação dos empregados.

A pesquisa de clima organizacional valoriza os feedbacks internos, fornecendo insights sobre o que deve ser mudado na empresa para melhorar a produtividade e o atendimento aos clientes.

Diminui os boatos nos corredores

Com um bom clima organizacional, aquela atmosfera com fofocas e boatos, tão comum nas empresas, diminui consideravelmente. Quando há transparência e espaço para diálogos, esse tipo de situação prejudicial tende a acabar.

A pesquisa de clima organizacional entra como ação preventiva, identificando quais são as percepções dos funcionários em relação ao trabalho e dando espaço para esclarecimentos. Assim, é possível identificar a origem do problema e investir em soluções para dissolvê-lo.

Quais os ganhos com a pesquisa de clima organizacional?

Além de todos os benefícios citados no tópico anterior, a pesquisa de clima organizacional também é excelente para o endomarketing e para a melhora da percepção que os colaboradores têm sobre a empresa, principalmente se a pesquisa for o início de um processo para melhora do clima dentro da companhia.

Assim, também é uma forma não só de reter talentos, mas também de atrair novos, criando um ciclo positivo de melhoria no ambiente de trabalho.

Como realizar a pesquisa de clima organizacional?

Em linhas gerais, existem diversos modelos de pesquisa de clima organizacional que podem ser executados, inclusive com empresas terceirizadas que são capacitadas para realizar essa tarefa.

Na prática, podem ser aplicados formulários em papel ou em formato eletrônico: o importante é garantir a confidencialidade dos dados para evitar que os profissionais, por medo de represálias, não sejam sinceros em suas respostas e, consequentemente, a pesquisa seja prejudicada e não cumpra o seu objetivo.

Principais indicadores a serem considerados em uma pesquisa

Uma série de aspectos podem ser considerados durante a avaliação de clima organizacional. Entre eles, podemos destacar:

  • opinião sobre volume de trabalho, horário e distribuição de tarefas;
  • satisfação em relação aos salários e benefícios;
  • avaliação da qualidade da comunicação interna;
  • checagem do impacto da liderança, até onde ela é efetiva e possíveis descontentamentos;
  • consideração sobre o espaço físico e as instalações da empresa.

Passo a passo para a realização de uma pesquisa eficiente

Para que a pesquisa de clima organizacional traga resultados verídicos e que permitam a elaboração de ações preventivas e de correção, alguns passos devem ser seguidos.

Planejamento da pesquisa

Na primeira etapa, os responsáveis pela pesquisa devem definir quais são seus objetivos, como essa pesquisa será aplicada (em papel ou por meios eletrônicos), qual o período de aplicação, se será feita apenas com algumas equipes ou com toda a empresa, quais serão os indicadores avaliados, qual o formato das perguntas (múltipla escolha ou dissertativas) etc.

Ou seja, durante essa fase, a pesquisa é toda estruturada para evitar contradições e problemas durante a aplicação ou a mensuração dos dados.

Comunicação sobre o processo

Os empregados devem ser informados sobre a realização da pesquisa, como será feita e quais os objetivos do processo. A falta de transparência nessa etapa pode gerar indagações e boatos que prejudicariam ainda mais o andamento do trabalho e o engajamento dos funcionários.

Aplicação da pesquisa

É a fase que exige mais cuidados. Garanta aos funcionários que as respostas não resultarão em motivos para problemas futuros ou demissões, esteja aberto para solucionar dúvidas e tenha paciência para ouvir todos os questionamentos.

O segredo para uma pesquisa de clima organizacional bem-sucedida é que os participantes tenham segurança e liberdade para responder todas as perguntas da maneira mais franca e clara possível. Qualquer ruído pode afetar os resultados e prejudicar a realização da avaliação.

Reunião de dados

A última etapa consiste na reunião das informações e na tabulação dos dados coletados. Com base neles, será possível estabelecer metas de melhoria, projetos que visem a promoção de um ambiente de trabalho mais favorável, treinamentos e mudanças internas. Se houver uma aplicação contínua, é possível comparar os dados com pesquisas anteriores e ver pontos de aprimoramento.

Também é interessante compartilhar essas informações com os funcionários, para que eles se sintam parte integrante do processo e valorizem as tentativas de progresso. Afinal, é muito frustrante participar de uma avaliação e não ver nenhum retorno, não é mesmo? Isso pode desencorajar a equipe a responder outras pesquisas no futuro.

Quais perguntas fazer em uma pesquisa de clima organizacional?

A dinâmica da pesquisa, como já mencionamos algumas vezes, depende da cultura organizacional da sua companhia. Entretanto, algumas perguntas são bem comuns em uma pesquisa de clima organizacional e, por isso, vamos mostrar aqui.

Perguntas afirmativas do tipo “O meu superior é uma inspiração para mim”, “Considero que a estrutura da companhia é adequada ao trabalho desenvolvido”, ou ainda “Faço um esforço para mostrar um desempenho maior ao que é esperado” são ideais para pesquisas em que os entrevistados devem responder com alternativas concordando ou discordando das frases.

Já em pesquisas do tipo múltipla escolha, em que várias opções são oferecidas, mas somente uma pode ser assinalada, o ideal é fazer perguntas do tipo: “Assinale qual é o principal motivo que traz satisfação no seu trabalho” ou “Qual a principal razão que faria você procurar outra empresa para trabalhar?”.

A quantidade de perguntas também depende da companhia, mas recomenda-se que não seja muito curto, para não correr o risco de não conseguir captar quais são os pontos de melhoria ou, ainda, não detectar o real clima organizacional da empresa.

Então, como você pôde conferir, a realização da pesquisa de clima organizacional ajuda a identificar problemas internos e a otimizar o ritmo de trabalho na organização. Além disso, contribui para o fortalecimento da marca empregadora. A partir dessas informações, é possível tomar ações concretas para melhorar o ambiente corporativo.

Um dos primeiros passos quando deseja mudar o ambiente de trabalho é realizar uma pesquisa de clima organizacional.

Caso queira saber mais como a Kenoby pode ajudar a sua empresa a diminuir o tempo de fechamento de vaga com mais qualidade na contratação profissional, entre em contato conosco.

Nova call to action
Nova call to action
Nova call to action

Veja os melhores momentos da live sobre cultura e diversidade no R&S. Preencha o formulário abaixo e assista agora!

Veja os melhores momentos da live sobre cultura e diversidade no R&S. Preencha o formulário abaixo e assista agora!

Quer transformar a apresentação dos seus números de RH? Preencha o formulário abaixo para receber agora este template customizável…

Quer transformar a apresentação dos seus números de RH? Preencha o formulário abaixo para receber agora este template customizável…

Quer participar com a gente? Preencha o formulário abaixo para mergulhar nessa transmissão gratuita cheia de aprendizados sobre diversidade e cultura…