Descubra quando aplicar testes psicológicos em sua empresa

Nova call to action
Nova call to action

As empresas aderem cada vez mais a diferentes estratégias para acertar nas contratações, aumentando a probabilidade de escolher um candidato que tenha as competências técnicas e comportamentais necessárias para o cargo. Nesse contexto, é fundamental que os psicólogos que atuam no RH saibam quando aplicar testes psicológicos.

Por meio dessa ferramenta, é possível perceber algumas características importantes dos candidatos para a realização de um bom trabalho.

Para saber mais sobre testes psicológicos e quais as vantagens que esse método apresenta, continue lendo este post!

O que são testes psicológicos?

Antes de continuarmos, é importante deixar claro que a aplicação de testes psicológicos, bem como a interpretação dos seus resultados, são atividades que só podem ser realizada por psicólogos. 

Os testes psicológicos são instrumentos de avaliação comportamental e podem indicar aptidões e traços de personalidade.

Dentre as características reveladas com esses testes, estão a postura durante o trabalho em equipe, valores éticos, crenças, rapidez na solução de problemas, capacidade de escuta e de compartilhamento de ideias, entre outras.

Antes de continuar, aproveite para baixar nossos templates de e-mail para feedback!

Quando aplicar testes psicológicos?

Dentro da rotina dos psicólogos que atuam na área de Recursos Humanos, a aplicação de testes psicológicos é recomendada durante os processos seletivos.

A realização desses testes é uma das etapas do processo, além das entrevistas, avaliação de currículos e provas de conhecimento.

Com as avaliações do psicólogo, o recrutador terá mais informações para decidir se o candidato é a pessoa ideal para ocupar a vaga.

Vale lembrar que os testes psicológicos não são provas. Não existe resposta certa ou errada, mas resultados mais adequados às necessidades da vaga e da organização.

Uma função que exija maior grau de concentração pode ser melhor desempenhada por pessoas introvertidas e mais capazes de focar em suas tarefas, um perfil que não se aplica a um trabalho que envolve relacionamentos, como vendedor, por exemplo.

Para que o teste traga informações reais do participante, os psicólogos podem realizar sua aplicação em locais adequados, visando tranquilizar os candidatos.

Quais as vantagens dos testes psicológicos para a empresa?

Quando o psicólogo organizacional, que atua no RH, opta pela realização de testes psicológicos, aumenta muito a margem de fazer uma contratação correta, que colabore com o employer branding e com os índices de retenção da empresa.

Os psicólogos conseguem identificar características coerentes com o fit cultural, evitando demissões em curto período de tempo por falta de adaptação.

Ocorre uma queda nos índices de turnover, melhorando a reputação da organização como boa empregadora e protegendo o orçamento de gastos com direitos rescisórios e novas contratações.

Vale lembrar que a construção de um employer branding robusto ajuda não só a atrair os melhores talentos, como a destacar a organização diante da concorrência.

O clima organizacional também é preservado, já que a entrada e saída constante de funcionários em um cargo afeta a produtividade e o relacionamento entre os funcionários.

A permanência dos mesmos colaboradores por um longo período auxilia na construção de uma relação de confiança e bem-estar no ambiente de trabalho.

Agora que você já é capaz de identificar quando um psicólogo deve aplicar testes psicológicos nos processos seletivos da sua empresa e como essa ferramenta pode auxiliar para o seu crescimento, considere a possibilidade de instituir essa etapa como rotina para o seu recrutamento.

Aproveite que você teve acesso a este conteúdo e compartilhe-o nas suas redes sociais. Assim, mais pessoas poderão conhecer os benefícios dessa prática e conseguirão promovê-la dentro da empresa!

Nova call to action
Nova call to action
Nova call to action