Triagem de candidatos: o que você deve saber para aplicá-la

Nova call to action

A triagem de candidatos é parte essencial dos processos de recrutamento e seleção. Se executada de forma correta, garante para as companhias contratantes os melhores profissionais do mercado. Nessa etapa, é possível identificar os candidatos com as competências técnicas e comportamentais exigidas para o cargo, e que podem garantir uma melhor aderência ao fit cultural da empresa e à equipe de trabalho.

Portanto, é dever de todo profissional de Recursos Humanos buscar ferramentas para agilizar esse processo, tornando-o preciso e mais eficiente. A tecnologia pode ser uma forte aliada, com recursos capazes de reconhecer competências e habilidades, por meio da triagem de candidatos on-line.

Ao longo desta leitura trazemos para você o que é triagem de candidatos e como aplicá-la na sua empresa. Acompanhe!

O que é triagem de candidatos e qual a sua importância?

A triagem de candidatos é a etapa que antecede as entrevistas. Trata-se da análise do currículo do candidato para validar se ele tem os conhecimentos técnicos solicitados pela vaga. Após essa primeira verificação, o candidato vai para a próxima fase do processo seletivo, que pode ser uma entrevista presencial, por telefone ou videoconferência.

O processo de triagem de currículo pode ser manual ou on-line. Nos dois casos, o objetivo é otimizar o tempo e adquirir resultados mais satisfatórios no recrutamento e seleção.

Como acontece a triagem de candidatos on-line?

Com as plataformas digitais, o processo de triagem de candidatos está muito mais dinâmico. Isso porque os softwares de recrutamento e seleção têm filtros, nos quais é possível selecionar os candidatos mais aderentes à vaga, buscando, por exemplo, por formação acadêmica, experiência, nível de fluência em línguas estrangeiras, entre outras questões.

Assim, com a triagem de candidatos on-line, o tempo do recrutamento é reduzido, sem que para isso seja necessário perder a qualidade do processo. Ou seja, quando você escolhe o processo de triagem de candidatos on-line, conta com a automação de tarefas, consegue criar um histórico dos candidatos e ainda tem à sua disposição vários recursos para agilizar e tornar mais eficiente todo o processo — por exemplo, as entrevistas por vídeo.

Mas os benefícios não param por aí! Ainda é possível acessar as informações de qualquer lugar, bastando para isso ter acesso à internet. Isso facilita muito a rotina, ainda mais em tempos em que o trabalho home office tem se tornado uma grande tendência.

Atrelada a essa vantagem está a redução de custos de candidatos e empresas, que não precisam se preocupar com deslocamentos. A empresa ainda soma outros grandes benefícios, como a redução dos custos com infraestrutura, a exemplo de luz, recepcionista, aluguel de salas, entre outros gastos.

Como fazer a triagem de candidatos?

A triagem de currículos é primordial para você encontrar os melhores profissionais do mercado e também aqueles mais aderentes à vaga. Preparamos um passo a passo para você colocar em prática. Veja!

Defina o perfil profissional

É preciso ter em mãos uma descrição de cargo consistente com o perfil do profissional, ou seja, com as competências técnicas e comportamentais alinhadas com a função em aberto.

Importante fazer o mapeamento dessas competências — e também habilidades esperadas — com o gerente da vaga antes de divulgá-la. Assim, você aumenta as chances de atrair os candidatos mais alinhados com os cargos em aberto.

Lembre-se que, quando você foca somente as competências técnicas, corre o risco de atrair candidatos inadequados, principalmente para os cargos de liderança, nos quais é necessária uma boa comunicação interpessoal, inteligência emocional, empatia, entre outras habilidades.

Nesse caso, você pode contar com softwares de gestão comportamental, baseados na metodologia DISC, que é capaz de fazer a avaliação de competências esperadas de cada cargo em aberto na empresa. Assim, torna-se mais fácil recrutar um currículo com características comportamentais específicas.

Escolha os melhores candidatos

De posse do perfil ideal de candidatos, chegou a hora de escolher aqueles mais aderentes ao perfil da vaga. Com os recursos de filtros dos softwares de recrutamento e seleção, é possível encontrar profissionais por:

  • faixa etária;
  • endereço (pertinente para aqueles casos em que é necessário morar perto do trabalho);
  • formação profissional;
  • cargo pretendido e uma série de outros recursos.

Toda essa triagem de candidatos pode ser feita a poucos cliques de um mouse, diferentemente do que acontecia nos processos off-line, quando os recrutadores tinham de lidar com muitos papéis e acabavam se perdendo diante de um grande volume de candidatos.

Faça entrevistas e dinâmicas

Com os currículos selecionados, chegou a hora de entrar em contato com os candidatos mais alinhados com o perfil da vaga. As entrevistas e dinâmicas de triagem fazem parte do processo seletivo e servem para destacar os profissionais mais aderentes ao cargo.

As entrevistas servem para indagar o candidato acerca de questões não elucidadas no currículo e também para avaliar algumas questões comportamentais. Da mesma forma, as dinâmicas servem para avaliar o comportamento dos candidatos em grupo.

Com a ajuda da internet, é possível fazer entrevistas por vídeo e adaptar algumas dinâmicas para o ambiente on-line. Dessa forma, você preserva os candidatos de deslocamentos desnecessários, ainda mais em tempos em que o combate à Covid-19 tem se intensificado.

Tenha indicadores-chave de desempenho

A melhoria contínua dos processos é uma necessidade cada vez mais eminente das empresas, pois confere a elas importantes diferenciais competitivos, e isso não é diferente quando o assunto é recrutamento e seleção.

Logo, é importante estabelecer indicadores-chave para a sua triagem de currículos e processos seletivos em geral. Alguns indicadores são:

  • número de currículos recebidos;
  • número de currículos por canal de veiculação da vaga;
  • percentual total de currículos selecionados e;
  • tempo médio para término da triagem.

Assim, buscar aprimorar a triagem de currículos a cada novo processo permite o fortalecimento da marca empregadora da empresa, além de escolhas mais eficientes para a aquisição de novos talentos.

Para tanto, é preciso iniciar a triagem de currículos com o planejamento, avaliando o que já foi realizado e quais ações podem ser implementadas para processos futuros.

Conte com a tecnologia de automação

Como mencionamos, é possível fazer a triagem de candidatos on-line. Além de economizar tempo e recursos, as plataformas de recrutamento abrigam uma série de vantagens e benefícios para tornar os processos ainda mais dinâmicos.

Em grandes empresas, nas quais o fluxo de candidatos é maior, fazer uma triagem de currículos de forma manual é quase impossível, pois os recrutadores têm de lidar com centenas ou até milhares de currículos todos os dias. Assim, contar com a ajuda de um software inteligente de recrutamento e seleção é a maneira mais eficiente de conduzir seus processos.

Com o software de recrutamento e seleção da Kenoby, você reduz o tempo de contratação e ainda tem acesso a vários testes comportamentais para tornar seus processos ainda mais eficientes.

Como vimos ao longo desta leitura, é possível fazer uma triagem de candidatos de maneira eficiente utilizando ferramentas inteligentes de recrutamento e seleção, como as disponibilizadas pela Kenoby.

Se você gostou deste post sobre triagem de candidatos, entre em contato para conhecer as nossas soluções!

Nova call to action
Nova call to action
Nova call to action

Quer transformar seu R&S e admissão? Preencha o formulário abaixo e mergulhe nesse conteúdo gratuito e cheio de aprendizados sobre R&S e Admissão Digital.